quinta-feira, 29 de outubro de 2009

O Verão ...ZÃO

"O verão começa oficialmente no dia 21 de dezembro. Essa é a época mais quente do ano e também a que exige maiores cuidados com a saúde, pois o calor proporciona condições ideais para a ocorrência de algumas doenças. As doenças mais freqüentes no verão são aquelas que levam a perda de líquidos e a desidratação. No entanto, outras doenças também são muito comuns. A insolação, as micoses e a intoxicação alimentar são doenças freqüentes que podem atrapalhar as suas férias".

aaaah, estou muito tempo sem postar algo de minha autoria, mas oque postei não quer dizer que não seja importânte.Ontem fiz novos amigos, estavamos conversando sobre ações das pessoas, em sempre querer forçar algo, se preoculpar de mais, e coisas do tipo, no verão(AINDA ESTAMOS NA PRIMAVERA MAS COM ESSE CALOR NEM PARECE), vemos muitas pessoas com poucas roupas e tal, aqueles também que vem com pouca roupa apenas para aparecer ¬¬...

Pessoas que nao tem senço do ridículo, mas deixe pra lah, hojeee o caso, são as doenças e as reações do corpo conforme o calor almenta.Cuidem se, esse aquecimento global nao ajuda em nada ¬¬..

muitaaa água, evitem o sol do meio dia..e talz..

bjinhos. ;)
estarei postando algo mais assim que meu serviço der uma tréga, muita "lição de casa" rsrs..

domingo, 25 de outubro de 2009

AniParaná Matsuri 2009



PROGRAMAÇÃO ANIPARANÁ - VERSÃO 2.0*
PALCO PRINCIPAL

Sábado dia 24/10:

11:00 – Jmusic e Matsuri Dance livre

12:00 – Akaryuu + Odoriwakai


13:30 – Teatro Jedi

14:00 – Anime Bingo

14:30 – Desfile de Lolitas

14:45 – Anime Quiz

15:45 – Show Danças (Wakaba Yosakoi Soran + RKMD – Taiko + Subaki + Odoriwakai + Para²)17:00 - AniParaná Super Live: Bandas Kategorize + Midnight Projekt

Domingo dia 25/10:

11:00 – Jmusic e Matsuri Dance livre

12:00 – Akaryuu + Odoriwakai

12:50 – Fatal Girls

13:20 – Gincana XBlade

14:00 – Banda Ryokan




PALCO ANIMEKÊ / COSPLAY

Sábado dia 24/10

11:00 – Animekê Livre

14:00 – Teatro Cosplay





Domingo dia 25/10

11:00 – Animekê Livre

13:00 – Concurso Animekê

14:00 – Teatro Cosplay




PRESS START - GAMES
Sábado dia 24/10





Domingo dia 25/10





*Atenção: programação sujeita a alterações. A organização informa que podem ocorrer mudanças de horários e apresentadores sem avisos prévios. As atrações podem ainda ser substituídas por outras equivalentes ou mudarem de dia.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Atualidade..


Nos dias de hoje há góticos fiéis aos anos 80, que dizem que o movimento acabou nos anos 90, e os mais ecléticos que gostam tanto da old school goth como da cena atual.
O que importa é não fazer confusão, no quesito musical a cena evoluiu muito e bandas novas surgem todos os dias com sonoridades ligadas à música gótica consideradas de ótima qualidade. Como tudo, a música gótica passou por inovações, mas há quem diga que o metal gótico é uma delas. O que pode se ver que é uma afirmação indubitavelmente mentirosa, pois pode se perceber que ao longo da história o gótico segue uma vertente rock que nunca se encontrou com o metal.
A música a que se faz referência pode até fazer uso de algum elemento da cultura Gótica, mas na verdade é uma apelação comercial, e como se sabe, tudo que é comercializável corre o risco de sumir. Tal qual os beats dos anos 60, a Cultura Gótica poderia entrar em decadência se estivesse mesmo ligada à tal superficialidade.
Como todos sabem esse tipo de música representa sempre apenas febre, uma moda e se dos anos 80 para cá a cena gótica tem continuando bem viva, ainda que tenha se tornado extremamente Underground (nos anos 80 com a transição do Punk para o New Wave ou Pós-Punk era mais uma miscelânia Pop, como se sabe), seria muito estranho que se rendesse ao que chamamos "exegência de merdado", pois as gravadoras fazem o que acham que o público vai ouvir, ainda que isso custe a liberdade do artista.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

O termo gótico na cultura


O termo gótico (do alemão: goth ou inglês gothic) foi usado através dos séculos sob vários significados, às vezes sem ligação alguma. Em algum momento histórico ele pode ter designado certo povo bárbaro que veio a invadir o império romano, mas não devemos nos apegar a isso para não confundir o leitor, pois com o passar do tempo, o termo ganhou significados diferentes. A palavra agrega sentidos que lembram: vitoriano, medieval, onírico, sombrio, assustador, fantasmagórico, macabro, amedrontador, etc.
O uso do termo 'gótico', desvinculado de seu significado original, surgiu quase que ironicamente, no início da década de 80. A mídia de massa ao entrevistar integrantes das diversas bandas relacionadas à subcultura que começava a surgir, como seria classificada a atmosfera de suas músicas, por vezes recebia respostas semelhantes a: 'de temática sombria e soturna, 'gótica. Na metade da década de 80 o estilo já havia se disseminado por vários outros países (incluindo o Brasil) e o termo acabou por ir junto com ele e até hoje é usado para denominar a cultura.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Acid Bath



detalhes:
A primeira festa dedicada ao publico Death Rock de Curitiba e região

data: 13/11/09
hora: 23:30
onde: R. Visconde do Rio Branco, nº 870

Na pista muito:
Death Rock, Positive Punk, Gothic Rock, Horror Punk, Psycho Billy

Com os Dj’s:
Jack Jack Ilde Docca Klaus (Batcave reunion – SP)

R$ 10 (masculino) R$ 7 (feminino)

Local:
Soho Underground

Organização:
Frozen Events

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Cultura Gótica



A cultura gótica (chamada de Dark no início dos anos oitenta apenas no Brasil) é uma cultura contemporânea presente em muitos países. Teve início no Reino Unido durante o final da década de 1970 e início da década de 1980, derivado também do gênero pós-punk. A cultura gótica abrange um estilo de vida, estando a ela associados, principalmente, gostos musicais dos anos 80 até o presente (darkwave/gothic rock, ebm, industrial, etc.), estética (visual, "moda", vestuário, etc) com maquilhagem e penteados alternativos (cabelos coloridos, desfiados, desarrumados) e uma certa "bagagem" filosófica e literária. A música se volta para temas que glamorizam a decadência, o niilismo, o hedonismo e o lado sombrio. A estética sombria traduz-se em vários estilos de vestuário, desde death rock, punk, renascentista e vitoriano, ou combinações dos anteriores, essencialmente baseados no negro, muitas vezes com adições coloridas e cheias de acessórios baseadas em filmes futuristas no caso dos cyber goths.


domingo, 18 de outubro de 2009

Oque é Gótico?


Como você define gótico?
Esta deve ser uma das perguntas mais freqüentes sobre o assunto. Está também cercada de uma confusão exagerada e preconceituosa sobre esta subcultura em particular. Quando você pergunta o que é um gótico você pode obter várias respostas diferentes e contraditórias, dependendo de como você formula a pergunta;porem cada resposta obtida pode representar uma parte válida desta subcultura.

Gótico é mais que um rótulo ou conceito, é ao mesmo tempo um estilo de vida e uma filosofia que tem suas raízes no passado e no presente.Ignorando aqui referencias históricas das tribos de bárbaros na Europa neste comentário específico refiro-me a o que é ser gótico, gótico é uma subcultura. Começou nos anos 70 na Europa e nos Estados Unidos.e aqui no Brasil em 1980 A cultura era composta de indivíduos de posturas incomuns com uma insaciável curiosidade pela cultura, intelectuais e socialmente pouco aceitos na expressão de sua arte e de si mesmos, demonstrando assim seu desencanto do mesmismo da sociedade moderna.Os góticos sempre foram voltados aos movimentos musicais, literários e arquitetônicos, possuidores de um humor um tanto incompreendido, sendo assim difamados como depressivos pois eles acham beleza e graça até nas coisas que, para uma sociedade comum, seriam tétricas, ele vêem como belo e artístico .

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

PARAPARA



O ParaPara começou no final dos anos 80. Nessa época os jovens japoneses estavam em pleno movimento disco. A música era bastante apreciada, porém o estilo de dança não os agradava e assim nasceu no cenário das clubes japoneses um estilo de dança, que se utilizava predominantemente das mãos, nomeado de ParaPara. Já no inicio dos anos 90, um novo estilo de música chamado eurobeat foi trazido arriscadamente da Itália para o Japão pela Avex Trax, e o Parapara acabou estourando como um vício. O Eurobeat tem uma batida muito mais rápida, e conciliar os movimentos das mãos com os pés era cada vez mais difícil, foi assim que o movimento com os pés foi quase totalmente abolidos, e com a parte inferior do corpo quase sem mobilidade as mãos se tornaram os novos instrumentos da dança, e com isso houve a adaptação de Parapara à nova música. Assim se desenrolou o grande sucesso de Parapara até hoje no Japão.
O jeito mais simples de se explicar o porque do nome é perguntando:” Quando você não sabe a letra daquela música que está na sua cabeça, o que faz?”
Você começa a cantarolar na sua cabeça algo como "Laralaráaa" acompanhado o ritmo da música, certo?! No Japão o som é "Paraparará". Chamar aquele estilo de dança de "Parapara" virou uma gíria que logo depois foi adaptada para nome oficial.
As rotinas como são chamadas as coreografias de Para², no começo foram criadas por vários grupos de garotos, que começaram a coreografar as musicas mais famosas para dançar nas boates. As boates interessadas começaram a lançar as suas própria coreografias, que são consideradas as Rotinas Oficiais.

domingo, 11 de outubro de 2009

COSPLAY

AAAaaa, fui no HARU MATSURI (haru=flores/matsuri=festa,idealizado para reverenciar a primavera)em curitiba hoje, amei, evento muitoo MARAA!Então, resolvi postar para vocês sobre cosplay, algo que gostei muito e possivelmente mais pra frente, vao me ver por aee.xD





Existem muitas maneiras pelas quais os fãs têm demonstrado seu apoio e apreço às obras da cultura pop. Talvez uma das mais explicitas e populares nos dias atuais seja o cosplay. Contração das palavras em inglês costume (traje/fantasia) e play / roleplay (brincadeira, interpretação), o cosplay é um hobby que consiste em fantasiar-se de personagens oriundos, em geral, de quadrinhos, games e desenhos animados japoneses. A prática do cosplay também engloba personagens pertencentes ao vasto universo do entretenimento, como filmes, séries de TV, livros e animações de outros países. Em menor escala há aqueles que caracterizam-se como figuras históricas ou de criações originais.Uma das principais características do cosplay é que o praticante além de criar os trajes, também interpreta o personagem caracterizado, reproduzindo os traços de personalidade como postura, falas e poses típicas. O hobby costuma ser praticado em eventos que reúnem fãs desse universo, como convenções de anime e games.Aos olhares desavisados a brincadeira pode parecer um tanto excêntrica, muitas vezes retratada de forma indevida e repleta de esteriótipos sobre o perfil daqueles que a praticam. No entanto basta conhecer esse universo mais a fundo para perceber que seus praticantes revelam-se pessoas comuns, que tem um dia-a-dia tão normal quanto qualquer outro. O que os diferencia no entanto, é sua capacidade de trazer para a realidade momentos e figuras do mundo da fantasia e ficção que causam tanto fascínio entre o público. Longe de serem reclusos e isolados, os adeptos do cosplay mostram-se, em geral, altamente sociáveis; ao contrário de uma atividade meramente escapista, a prática do cosplay exige preceitos sólidos e concretos, como organização, capacidade de superar desafios, explorar a criatividade e o potencial artístico nas caracterizações. :D

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

9 - A Salvação

Numa terra devastada pelas máquinas, bonecos tentam sobreviver e descobrir por que estão sendo perseguidos.



No futuro, a evolução tecnológica avançou a tal ponto que os humanos criam um poderoso computador, chamado de A Grande Máquina, capaz de controlar equipamentos de todo o mundo. Com este poder, os computadores vão dizimando a população humana, até que os poucos que restam conseguem desligar grande parte destas máquinas. É então que começam a aparecer pequenas criaturas de pano criadas por um cientista.Liderados pelo 1, um veterano de guerra, o grupo precisa reunir forças contra as máquinas que ainda estão ligadas. Nele, estão o inventor 2, os gêmeos 3 e 4, o engenheiro 5, o artista 6, a corajosa guerreira 7, o musculoso 8, e a grande esperança de todo, o 9, que possui qualidades que o coloca a frente de todos os outros. Com um incrível poder de liderança, o 9 terá a missão de reunir todos atrás de um objetivo: salvar o mundo e a humanidade.Com produção de Tim Burton, a animação 9 - A Salvação tem no elenco original nomes como Elijah Wood, Jennifer Connelly e Cristopher Plummer. Dirigido por Shane Acker, o longa é uma refilmagem de 9, curta-metragem que o proprio Shane havia realizado em 2005. O roteiro da nova versão é de Pamela Pettler, a mesma de A Casa Monstro.

INFORMAÇÕES
Diretor:Shane Acker
Elenco:(animação)
Nome Original:9
Ano:2009
País:EUA
Duração:79 minutos
Site:Oficial

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

FILOSOFIA


Nossa, uma coisa pela qual sou fascinada e ninguém entende!!. :D

É tão simples que chega a ser complicado de explicar. Filosofar faz com que pensamos o porquê que as pessoas pensão assim, confuso nao? (risos)

Estudamos muitos filósofos e poucos entendem a matéria, estou no 2º ano do ensino médio e ontem tive uma aula Fabulosa de filosofia com um professor estagiário, formado na PUC (Pontifícia Universidade Católica ) acredito eu, ser a do Paraná mesmo, mas, isso não vem ao caso e sim o quanto os alunos não entendem nada de pensar ¬¬'.. É como se tivessem aqueles tampões de cavalo (não sei o nome) o qual só olhassem só as suas realidades, oque acham ser certo.


Cada pergunta "burra" (me desculpe a palavra), mas é de ficar indignada comparando o grau de escolaridade que esses alunos se encontram, deveriam entender bem mais. Ta certo de que eu estudo anoite, eles são um pouco mais "preguisos", estão cansados do serviço, mas isso não é disculpa.


Voltando a Filosofia, é algo maravilhoso, transforma coisas simples em complexas e as complexas em coisas tão simples que é até besta de ver..(acho que vou estudar isso) .^^


O post de hoje não tem muita história ¬¬, apenas queria compartilhar com vocês, espero que fiquem curiosos para saber de onde vem tanta vontade de minha parte para com a filosofia e pesquisem algo relacionado. São coisas simplismente Fascinantes o modo de raciocínio dos filósofos, não que eu tenha um igual, nem sonhando..(seria uma honra, mas eu assim como os outros, seria considerada LOUCA);


Dubito, ergo cogito, ergo sum: "Eu duvido, logo penso, logo existo"
René Descartes (1596 - 1650)

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

BULLING

Bullying é um termo de origem inglesa utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um quidam (bully) ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro quidam (ou grupo de indivíduos) incapaz/es de se proteger. A vocábulo "Bully" significa "valentão", o responsável das agressões. A vítima, ou mira, é a que sofre os efeitos delas. Também existem as vítimas/agressoras, ou autores/alvos, que em determinados momentos cometem agressões, porém também são vítimas de bullying pela turma.

Se informe mehor, preste atenção e Denuncieee!